sábado, 3 de julho de 2010

Com os pés para a cova...


Um final do dia solarengo, convidava-me a um pouco de exercício ou encaminhava-me para a morte, ainda não sei bem!


Em 5 minutos os meus músculos estavam impregnados de ácido, em 15 minutos todas as células do meu corpo gritavam por socorro e em 30 minutos o meu coração ameaçava parar.


Não sei como toda a matéria corporal não se desintegrou.


O meu corpo fala e eu deveria saber escutar...

3 comentários:

Matilde {not Carrie} disse...

Absolutamente! Há vozes que jamais se devem (ou deveriam) ignorar.

Bjs

Marta disse...

Ui nem me digas nada...nestes dias nem me apetece ir ao ginásio. Eu já suo nos dias normais, nestes então quase me desfaço :(

Soraia Ferreira disse...

Obrigada minha querida pelo apoio.
Beijinhos

 
temas blogspot